Facebook   Twitter
  • Home
  • NOTÍCIAS
  • > Últimas Notícias

Governo declara Situação de Alerta até 21/04/2019

O Município de Lamego está a acompanhar com a máxima atenção o desenvolvimento da situação associada à greve dos motoristas de pesados de matérias perigosas e à excepcional afluência ao abastecimento de combustível.

Face à declaração de situação de alerta para a escassez de combustíveis, decretada pelo governo, a Comissão Municipal de Proteção Civil de Lamego está a acompanhar em permanência, a afluência aos postos de abastecimento do concelho, monitorizando a existência e capacidade de cada um deles. Igualmente se acompanha a manutenção das reservas de emergência previstas na lei e que estão garantidas em cada um dos postos abastecedores, não havendo até ao momento qualquer viatura de emergência (Serviço Municipal de Proteção Civil, PSP, GNR, Bombeiros ou INEM) em situação de inoperacionalidade.

Assim sendo, apelamos à calma e à contenção de todos os munícipes no sentido de, com serenidade, efetuarem a gestão dos seus próprios consumos de combustível, cumprindo normas de trânsito e segurança, nomeadamente respeitando filas para abastecimento e no uso, manuseamento e armazenamento deste tipo de produtos.

O Ministro da Administração Interna e o Ministro do Ambiente e da Transição Energética declararam hoje, por Despacho Conjunto, a Situação de Alerta para o período compreendido entre o dia 16 de abril e até às 23h59 do dia 21 de abril de 2019, para todo o território de Portugal Continental, na sequência da constatação do incumprimento da Portaria n.º 117-A/2019, de 16 de abril, que efetiva a requisição civil dos trabalhadores motoristas em situação de greve.

A Situação de Alerta determina a implementação das seguintes medidas, de caráter excecional:

Continue a leitura

Aviso à População n.º 5: PRECIPITAÇÃO, NEVE e VENTO

 

Situação Meteorológica:

No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), realizado hoje no Comando Nacional de Emergência e Proteção Civil (CNEPC) da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), e de acordo com a informação meteorológica disponibilizada prevê-se, um agravamento das condições meteorológicas, salientando-se:

  • Queda de neve persistente e com acumulação acima dos 800/1000 m, nas regiões do Norte e Centro, com acumulados que podem exceder os 5 cm.

  • Precipitação, pontualmente forte.

  • Durante a tarde e noite de domingo (7abr), precipitação persistente, com acumulados até 20-30 mm/6h. Condições de instabilidade com ocorrência de aguaceiros que podem ser de granizo e acompanhados de trovoada.

  • Formação de gelo nos níveis mais baixos durante a noite e durante o dia em zonas mais sombrias.

  • Amanhã e domingo, vento forte de quadrante oeste, com rajadas até 70 km/h, nas terras altas.

Acompanhe as previsões meteorológicas em www.ipma.pt

 

Efeitos Expectáveis:

Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:

  • Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo;

  • Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;

  • Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis;

  • Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;

  • Danos em estruturas montadas ou suspensas;

  • Possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte;

  • Fenómenos geomorfológicos causados por instabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência.

 

Medidas Preventivas e de Autoproteção:

O Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas historicamente mais vulneráveis, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente:

  • Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias;

  • Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;

  • Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;

  • Proceder à colocação das correntes de neve nas viaturas, sempre que se circular nas áreas atingidas pela queda de neve;

  • Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;

  • Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte;

  • Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

AVISO: Exercício Militar do CTOE em Lamego

A Câmara Municipal de Lamego informa que o Centro de Tropas de Operações Especiais (CTOE) vai executar, no âmbito do Curso de Operações Especiais - QP2019, um exercício de reconhecimento e vigilância, no período de 1 a 6 de abril.
O exercício será realizado na área situada na região de Lamego e Tarouca, delimitada pela União de Freguesias de Cepões, Meijinhos e Melcões e Lazarim, no concelho de Lamego, e pela freguesia de Várea da Serra-Gondomar, no concelho de Tarouca.

Mais artigos...

Usamos próprios e cookies de terceiros para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar considera aceitar a nossa política de cookies. Política de Privacidade